Últimas do blog

Ideologia de Gênero: Deus Estava Errado

Por Gil DePaula

A “ideologia de gênero” é uma expressão usada pelos críticos da ideia de que os gêneros são, na realidade, construções sociais. Para os defensores desta “ideologia”, não existe apenas o gênero “masculino” e “feminino”, mas um espectro que pode ser livremente escolhido pelo indivíduo.

A chamada “ideologia de gênero” representaria o conceito que sustenta a identidade de gênero. Consiste na ideia de que os seres humanos nascem “iguais”, sendo a definição do “masculino” e do “feminino” um produto histórico-cultural desenvolvido tacitamente pela sociedade.

Em um resumo mais simplista, principalmente, daqueles que defendem a ideologia de gênero no Brasil e procura ensiná-la às nossas crianças, ainda, em tenra idade, o indivíduo, já na infância, pode e deve escolher se é masculino ou feminino (ou outras coisas), mesmo tendo nascido com os atributos do macho ou da fêmea.

Partindo desse princípio cheguei a uma triste conclusão: “Deus errou”! Pois deveria Ele ter nos criados, a todos, hermafroditas ou seja: o ser humano já deveria vir de fábrica com um pênis e uma vagina. Alguns, revoltados, perguntarão: “Você enlouqueceu?”, e eu vou lhes responder: Se eu não estou louco alguém está, ou Deus realmente errou, pois se todos tivessem os dois órgãos sexuais, chegado o momento, apenas se decidiria por aquele que definiria o gênero escolhido por cada um.

Talvez, tenha Deus se “equivocado” ao conceber seres tão soberbos, que, ao não enxergarem a sua própria pequenez, se consideram capazes de contestar a obra do Criador, querendo “corrigi-la” à base de fórceps. Empurrando goela abaixo de qualquer um essa aberração que é a ideologia de gênero, que nasceu nos primórdios do comunismo com Karl Max e Engels, com o claro objetivo de desconstruir a família, pois acreditavam que assim fariam com que as crianças passassem a pertencer ao Estado.

O que presenciamos recentemente nas escolas do Brasil, com a tentativa de cooptarem nossas crianças para essa maldita ideologia é um ultraje às famílias brasileiras zelosas, que procuram cuidar dos seus filhos. Principalmente, daquelas famílias que cuidam dos seus entes debaixo da palavra de Jesus.

Eu, realmente, não me surpreenderia se neste vasto universo tivéssemos mundos onde os seres seriam hermafroditas. Mas aí, Deus teria traçado um objetivo para aquelas almas, que certamente foge à nossa compreensão.

Se pertencemos a este mundo e Deus nos criou homens e mulheres, como propagado por todas as religiões, devemos nos submeter Aos Seus Desígnios, com humildade e fé. Sem nos esquecermos do respeito que devemos a todos nossos irmãos, principalmente, àqueles que livremente decidiram assumir sua homossexualidade.

 

Livros de Gil DePaula

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios *

*

*

Paste your AdWords Remarketing code here
%d blogueiros gostam disto: