Últimas do blog

NEYMAR X SERGINHO

Por Vinícius DePaula

SN NEYMAR X SERGINHO

Essa semana surgiu uma polemica: Neymar X Serginho… “que faaaseee”… A partir disso, muitos amigos, compartilharam imagens criticando o comportamento do Neymar. Infelizmente, não sou amigo pessoal dele, pois adoraria uma roda de samba aqui em casa, ao som do Thiaguinho, mas gostaria de expor minha opinião, embora não tenha esse costume.

Um ponto que achei muito bem mencionado por uma amiga, foi o de querer comparar um atleta de futebol, aos 24 anos com um atleta de vôlei, aos 40. Algo que me soa tão sem nexo, mas que está sendo discutido.

Estão querendo comparar um ídolo do esporte, que está encerrando sua carreira de forma brilhante, com seu quarto pódio olímpico, com um atleta de 24 anos que está chegando ao auge da sua performance física no atual momento, quem dirá sua maturidade, no sentido mais pleno da palavra.

Outro ponto; são dois esportes distintos, o nível de exigência física e estresse podem ser parecidos, mas a pressão e concorrência, meu amigo, no país do futebol? Não existe comparação… Quantos amigos nós já vimos desejando ser jogador de futebol? E de vôlei? O que isso significa? O “processo seletivo” é muito mais duro. Não tenho esses dados, mas acredito que seja.

Outra questão que vi bastante divulgada, foram as críticas ao comportamento do Neymar. Bom, tenho a mesma idade dele e estou longe de ter alcançado minhas metas pessoais de vida, embora tenha algumas realizadas. Ele com 24 anos, certamente já realizou, por méritos próprios, estimo que algo em torno de 90% das suas metas de vida.

Estou vendo senhores criticando esse moleque, como citou Rica Perrone. Esse que teve responsabilidades de adulto desde muito novo, porque quis ou por influência do seu pai, ou ambos, mas que poderia ser considerado trabalho infantil, que louco isso, não? Foi pai muito novo e tem sua vida vigiada por milhões de pessoas. Queria saber de onde vem motivação para continuar treinando e se dedicando pra manter esse nível de performance…
Por que estou escrevendo isso? Simplesmente porque estão criticando um atleta de alto rendimento e na boa: sou fã desse cara.

O esporte é lindo, né?! Ele socializa, educa e promove momentos de lazer sensacionais. mas, o alto rendimento? Aaaaah amigão é porrada, dor, sofrimento. motivado apenas pela paixão, simplesmente porque não tem como explicar uma pessoa a se submeter a esse estress, alto rendimento não se explica… se faz, se vive e no meu caso, admiro.

Para finalizar, o que leva um imbecil a sair de casa com uma faixa dizendo que era obrigação à conquista do título? Um país de Ronaldos, Rivaldos e Edsons, que ainda não haviam conquistado esse título e jogaram essa responsabilidade no moleque. RIDÍCULO! Fui aos jogos aqui em Brasília, Renato Augusto, por exemplo, jogou incrivelmente mal contra o Iraque, mas não o vaiei, porque acho difícil a pressão de vestir a camisa da seleção brasileira, e ser visto como uma referência, você manda o comando e a perna não responde, tanto que se recuperou nos demais jogos e antes de ser jogador ele é humano.

Boa semana, galera!
“arvore que dá bons frutos é a que mais leva pedradas”… parabéns Neymar, parabéns Serginho e obrigado por  nos proporcionarem momentos incríveis!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios *

*

*

Paste your AdWords Remarketing code here
%d blogueiros gostam disto: