Ápice

Por Gil DePaula

O-Ápice Ápice

Minhas costelas por suas pernas enroscadas
Projetam o epílogo desse capítulo amoroso
Adentro sem pudores, livre e forte, másculo
Entre braços que afagam minha nuca e orelhas

Tua chama me alimenta e consome
Pelos teus olhos submissos a me contemplar
O prazer está suspenso, deixa se revelar
Hirto, triunfante, regozijo, nesse instante

Ávido, sou frontal, mas cubro suas costas
Em ritmos lúbricos seu ventre se contrai
Seus seios aquecem-se em minhas mãos
Sussurros contidos despertam em erupção

Na contenda só há vencedores
Não se engane, meu regalo é maior
Pois o ápice do seu prazer
Dobra o meu triunfo

 

Livros de Gil  DePaula – www.amazon.com.br ou www.clubedeautores.com.br > Digite Gil DePaula

Livros-de-Gil-DePaula Ápice

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios *

*

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Paste your AdWords Remarketing code here
%d blogueiros gostam disto: