Últimas do blog

O Menino de Sergipe

Por Gil DePaula

atalaia_171208

Nascido em terras Sergipanas
Do mar e do mangue se mandou
Parando em terras Candangas
Como pássaro que migrou
.
O cerrado do sonho profetizado
Aos seus pais encantaram
De malas, traias e cuias
No planalto arribaram
.
De avião ou de pau-de-arara
Uma vida nova se desenhava
Com chuva, frio, poeira
O que importava?
.
Cidade construída do nada
Brasília entre outras é mil
Mas digo com toda certeza
Teu filho dileto é Gil

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios *

*

*

Paste your AdWords Remarketing code here
%d blogueiros gostam disto: